IMMEF Concept
IMMEF no Facebook
HOME O IMMEF EXAMES CORPO CLÍNICO   TECNOLOGIA SUA GESTAÇÃO CONVÊNIOS FALE CONOSCO

Sua Gestação

Dicas para Gestantes

DicasSemana a SemanaCuriosidade


Nesta seção>> • DICAS PARA GESTANTESDICAS PARA SEU BEBÊPROBLEMAS COMUNS

Ganho de peso na gravidez

Mulher grávida não precisa comer por dois. As gestantes, a partir do terceiro mês de gravidez, devem ingerir apenas 300 calorias a mais do que o normal, ou seja, 2.800 calorias por dia, segundo o RDI (Recommended Dietary Intakes). O normal é que a gestante de baixo peso ganhe em torno de 15 kg; as de peso adequado, entre 10 e 12 kg; as com sobrepeso ou obesas, entre 6 e 7 kg – isso sem complicações para a mãe ou para o filho. São os bons hábitos alimentares da gestante que garantem a saúde do bebê para nascer, e não o ganho de peso. Pelo contrário, o excesso de peso aumenta os riscos de diabetes, hipertensão, pré-eclâmpsia, além de inúmeras outras complicações obstétricas.

   

Substâncias que podem prejudicar o andamento da gravidez

Álcool, fumo e drogas prejudicam qualquer pessoa. E não é diferente ou menos grave com grávidas. Não precisa nem dizer: essas substâncias devem ser evitadas durante a gestação porque podem prejudicar o feto. A mãe também deve ficar atenta para medicamentos e radiografias, que também podem afetar a saúde do bebê. Jamais se exponha a eles se não forem indicados pelo médico. E sempre informe seu médico sobre a gravidez, mesmo nos meses iniciais.

   

Atividades durante a gestação

Durante a gestação, o corpo da gestante está em constante mutação. Além disso, com o ganho de peso, a cansaço e exaustão são comuns durante os meses finais. Por isso, evite ficar muito tempo em pé e descanse com as pernas elevadas e, se possível, use meias elásticas para evitar inchaço nas pernas e pés. A gestante pode (e deve!) praticar esportes, desde que não sejam violentos ou que produzam fadiga excessiva; recomenda-se natação, hidroginástica e caminhadas. A menos que produza cansaço físico ou mental, o trabalho também está liberado, assim como as relações sexuais, a não ser que seu médico as proibida.

   

Relações sexuais durante a gravidez

Sexo sempre foi um tabu. Durante a gravidez, ainda mais: muitos casais evitam buscar auxílio de profissionais e preferem se abster de relações sexuais. O casamento pode ficar fragilizado, o casal passa a evitar todo tipo de contato e surge a ansiedade. Nada melhor, nesses casos, do que o diálogo. O casal pode (e deve!) procurar novas posições e fontes de prazer, aprofundando até mesmo a intimidade. O sexo só deve ser evitado caso essa seja a recomendação de seu obstetra. Do contrário, o casal não precisa se preocupar, porque o colo do útero encontra-se fechado e o feto está muito bem protegido pela bolsa d' água, que funciona como um amortecedor. O orgasmo, por sua vez, é benéfico durante toda a gravidez, por dois motivos: libera a mulher das ansiedades pelas quais ela passa durante a gestação, diminui os “ciúmes” que o pai sente da relação íntima entre mãe e bebê, trazendo harmonia para o casal, e também exercita os músculos da região, o que auxilia o parto.

   
Voltar

 

Av. Republica Argentina, 210 - 6º andar | Batel | Curitiba
41 3039 1818
  O IMMEF EXAMES SUA GESTAÇÃO CONVÊNIOS E PARCERIAS FALE CONOSCO
  História e expertise
Missão, visão e valores
Estrutura física
Tecnologia
Corpo clínico
Responsabilidade social
Notícias & E-News
Por etapa de gestação
1º trimestre
2º trimestre
3º trimestre

Por tipo de exame
Lista de exames

Dicas
Semana a semana
Curiosidades
Seu bebê já nasceu?
Galeria de bebês

Convênios
Parcerias

RESPONSÁVEIS TÉCNICOS
Contate-nos
Localização
Pesquisa de satisfação
Trabalhe conosco
Facebook
Twitter
Webmail
Copyright © 2013 - IMMEF - Todos os direito reservados hidea.com